domingo, 29 de abril de 2012

É TÃO FUNDO O SILÊNCIO


É tão fundo o silêncio entre as estrelas.
Nem o som da palavra se propaga,
Nem o canto das aves milagrosas.
Mas lá, entre as estrelas, onde somos
Um astro recriado, é que se ouve
O íntimo rumor que abre as rosas.

José Saramago


Nenhum comentário:

Postar um comentário