domingo, 29 de abril de 2012

EXPLOSÃO



Nesta noite,
eu quero da psicose as alucinações,
da neurose toda a angústia,
e da psicopatia eu quero
a ausência de escrúpulos.

Nesta noite,
quero me projetar em você
feito delírio,
quero explodir dentro de você
num surto só de paixão.

Por que, meu Deus,
nesta noite
eu estou sózinho?

Edival Perrini,
em poemas do amor presente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário