domingo, 29 de abril de 2012

POETA DE UM POEMA SÓ



Há dias
(muito escuros)
em que me surpreendo a lembrar
autores de uma música só,
escultores de uma estátua só,
pintores de uma tela só.

Há dias
(muito escuros)
em que deprimo ao me ver
poeta de um poema só!

Edival Perrini, em
poemas do amor presente


Nenhum comentário:

Postar um comentário