quinta-feira, 31 de maio de 2012

EPIGRAMA N.o 9



O VENTO voa,
a noite tôda se atordoa,
a fôlha cai.

Haverá mesmo algum pensamento
sôbre essa noite? sôbre êsse vento?
sôbre essa fôlha que se vai?

Cecília Meireles ,
in Viagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário