sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

EVOCAÇÃO



Oh Lua voluptuosa e tentadora, 
Ao mesmo tempo trágica e funesta, 
Lua em fundo revolto de floresta 
E de sonho de vaga embaladora. 

Langue visão mortal e sedutora, 
Dos Vergéis sederais pálida giesta, 
Divindade sutil da morna sesta 
Da lasciva paixão fascinadora. 

Flor fria, flor algente, flor gelada 
Do desconsolo e dos esquecimentos 
E do anseio, da febre atormentada. 

Tu que soluças pelos céus nevoentos 
Longo soluço mágico de fada, 
Dá-me os teus doces acalentamentos! 

Cruz e Souza 


Nenhum comentário:

Postar um comentário