domingo, 6 de janeiro de 2013

UM LUGAR DE SOBREVIVÊNCIA



Apesar de tudo, a noite
continua a ser um lugar de sobrevivência,
a contraluz sensual de todas as rotinas,
um barco acostado ao largo dos astros.
Há prosas de fascínio a assinalar improvisos
nas pálpebras da manhã
quando, à mercê do acaso,
um abraço é o secreto anúncio de uma festa.

Graça Pires,
in Conjugar afectos

Nenhum comentário:

Postar um comentário