quinta-feira, 14 de junho de 2012

DENTRO DA NOITE



De dentro da noite
eu fui te buscar
com palavra tua,
toda nua...
qual pétala em flor!

E encontrei contigo, lá
os meus versos,
teu olhar, teu sorriso,
o paraíso,
onde o silêncio é mistério...

Eu fui te buscar,
na insônia das horas
e assim te buscando,
a vida é tão nossa,
que tudo lá fora pertence a nós dois!

De insônia em insônia,
como ave pequena,
na ânsia do afago ...
consigo sonhar
lá, dentro da noite!

Alvina Tzovenos
In Sonhos e Vivências 

Nenhum comentário:

Postar um comentário