sexta-feira, 22 de junho de 2012

A LUA



A lua
triste na sua solidão,
a despeito de viver
entre as estrelas,
balangando no céu,
deseja
desesperadamente
estar na Terra.
Se deita no fundo
de qualquer poça.

Humberto Ak'abal

Nenhum comentário:

Postar um comentário